Os lustres, ou seja, candelabros de vários braços que, suspensos no teto, iluminam a totalidade de um ambiente, surgiram, na forma pela qual os conhecemos, no final do século XVII, antes, portanto, da invenção de Thomas Edison, em 1879, da primeira lâmpada incandescente comercializável, considerada um dos mais importante passos civilizatórios da humanidade, o triunfo do homem sobre as trevas. Saiba mais