Perez & Prado têm a satisfação de oferecer dois ícones da estatuária brasileira, de autoria do “mais brasileiro dos argentinos”, Carybé: “Amazonas”, escultura em bronze cinzelado e patinado sobre base de granito negro, representando duas amazonas sobre cavalo (38 X 34 X 16 cm), e “Homenagem à Mãe Baiana”, escultura em bronze cinzelado e patinado sobre base de granito negro, representando figura feminina com criança (51 X 28 X 18 cm), cuja edição de 330 cm encontra-se em praça pública, frente ao Shopping Iguatemi, em Salvador, Bahia.

Hector Julio Páride Bernabó ou, simplesmente, Carybé (1) nasceu em Lanús, Argentina, em 1911, e faleceu em Salvador, Bahia, em 1997. Pintor, gravador, desenhista, ilustrador, ceramista, escultor, muralista, pesquisador, historiador e jornalista, Carybé foi um dos artistas e intelectuais mais completos do século XX. Andarilho como seu pai, o italiano Enea Bernabó, viajou e se instalou em várias cidades da Europa e da América do Sul e, curiosamente, chegou a ser pandeirista de Carmen Miranda, até transferir-se definitivamente para o Brasil, país de origem de sua mãe, em 1949. Naturalizou-se brasileiro e residiu em Salvador, onde absorveu a cultura local, que soube representar como poucos, até a sua morte.

(1) Pequeno peixe amazônico.